All for Joomla All for Webmasters
Buscando categoria

Tecnologia

Eventos Tecnologia

Tornando seus freelas e homeoffice mais produtivos

Bom dia pessoal, tudo bem?

Ontem foi dia de INFORMAÇÃO, como diria o pessoal do Choque de Cultura! Tive a honra de participar do DevDay.RS, um dos maiores eventos para desenvolvedores daqui do solinho gaúcho. :) A minha palestra falou sobre o título que tá aí no post.

Foi uma experiência incrível e venho aqui compartilhar o material da palestra: aqui temos os slides (clique).

E sobre algumas dúvidas que surgiram na plateia, venho informar:

  • Quais são os meios mais bacanas para fazer comunicação homeoffice? Ferramentas?

Minha dica são ferramentas como o Hangouts, Zoom ou Appear. O Appear é direeeto no navegador e nem precisei de conta no dia que usei (entrei no link da pessoa). Com o Zoom você faz vídeoconferências para várias pessoas, sem cair :)

  • Qual preço você estabelece?

Geralmente coloco preço de mercado ou mais se eu sei que manjo do assunto. Se aquilo eu não sei e serve pra aprender e adicionar como habilidade nova no currículo, eu cobro um pouco menos que o mercado. Cobrando sempre por hora ao invés de projeto fechado :)

Então sobre a palestra é isso galera! Lembrando que ultimamente rolaram acontecimentos incríveis como:

E vai rolar:

Obrigada por todo esse lindo apoio e lembrem-se: fomentem a comunidade ;)

Tecnologia

2º NodeGirls: Dragon Dreaming

E aí pessoal! Sei que o post tá atrasadíssimo, mas vamo que vamo! Hoje vou falar um pouco sobre como foi o segundo meetup do NodeGirls :)

O nosso segundo meetup rolou na DBServer, que fica localizada aqui em Porto Alegre no Tecnopuc. No começo já liberamos as comidinhas pras minas, rolou um bate-papo bem descontraído e logo depois começou a abertura.

Quem me ajudou horrores com a organização na DBServer foi a Layla, que foi super querida ao longo de todo o processo e participou da abertura oficial.

Quero dar um muitíssimo obrigada aos nossos apoiadores especiais lindos do evento passado: FeminiDriver, DBServer e StickersDev!

Depois da divulgação e explicação do evento, rolou mais um break e então começamos o dragon dreaming. Para quem não sabe, dragon dreaming é uma forma diferenciada de integração entre equipes e resolução de problemas. O tema do nosso dragon dreaming era alinhar as meninas com seus conhecimentos em Node.js, afim de tirar a maior parte das dúvidas.

Uma metodologia para desenhar e realizar projetos criativos, colaborativos e sustentáveis com alto engajamento dos participantes. Tem como base três princípios: a expansão do senso comunitário, o crescimento pessoal e o que chamam de serviço à Terra (a consciência e minimização dos impactos negativos ao meio ambiente). O Dragon Dreaming acredita que projetos de sucesso têm quatro fases: sonho, planejamento, realização e celebração. Os projetos realizados com essa metodologia buscam cultivar relações de ganha-ganha. No mercado existem facilitadores de Dragon Dreaming, ou seja, pessoas que foram treinadas para conduzir o método, que é 30% prático (ou seja, de construção de projeto) e 70% focado no engajamento e na manutenção dos relacionamentos entre pessoas durante o processo.

Fonte: Verbete Draft

Instruídas direitinho sobre como funciona, as meninas começaram: escreveram em cards tudo que elas tinham dúvida de Node. Depois, elas tiraram os cards repetidos e colaram em ordem de prioridade de aprendizado na parede. Os cards eram basicamente post-its colados.

Eu bem feliz organizando essas minas maravilhosas. Gosto muito de reforçar que o evento não é meu, e sim de todas nós <3

Rolou também sorteio de camisetas de uma forma bem descontraída! Hahahahah As meninas iam falando números e se fosse algum dos que eu anotei, levavam as camisetas.


Como foi seguido o aprendizado: Cada menina que se sentisse confortável pegava alguns cards que queria resolver pra si, e repassava para o público o conhecimento. Os cards que as meninas tinham dúvidas iam sendo explicados por outras ou então sendo pesquisados por elas se nenhuma na roda tinha conhecimento, até que todos fossem resolvidos. Depois, foram abstraídos de algumas que ficaram até o final do evento, feedbacks individuais.

No final do evento rolou um debate sobre questões de machismo e representatividade que tomaram um curso natural e teve a presença de alguns rapazes que estavam no evento. Acredito que foi um momento bem saudável e que agregou bastante, mas quem pode contar isso melhor é a Débora :D Ela também filmou um pouco do evento! Hahahaha valeu Débs!

E bem-vinda Zal, nossa nova coordenadora <3

Pessoal, por hoje é só! Mas vale reforçar que vai ter NodeGirls dia 24 de fevereiro na Ilegra! Corre com a gente <3

Eventos Tecnologia

Front In Poa 2017

eu compenetradíssima na miga huahuahuahuahuhua

Depois de tanto tempo resolvi dar o ar da graça no blog, hahahaha O pior de tudo é que já estamos em 2018! Não tenho vergonha nessa cara, mesmo!

Mas o evento foi tão bom que dá pra falar dele depois sim. Estamos falando do Front In Poa, um evento organizado pela Nasc, os mesmos organizadores da BrazilJS – o maior evento sobre Javascript do mundo. Quem bola todo esse plano genial são três caras: o Jaydson Gomes, o Felipe Moura e o Gabriel Novaes.

Conheci o Gabriel no Tchelinux Poa e, o que mais me admira nessas pessoas, é que quanto maiores os planos, maior a humildade. Super acessível, começamos a conversar e descobri que ele trabalhava na Nasc. Daqui a pouco, surge a Débora Duarte no meio do papo, uma amigona minha de mundo women in tech ♥ e o papo deslanchou. De repente, foi comentada sobre a vaga em um horário x na grade e que eles estavam procurando pessoas com urgência, afinal, o evento era uma semana depois do Tchelinux. E poxa, tinham duas palestrantes na frente dele! Hahahahah Que tal bolarmos algo juntas? E dessa conversa descontraída, surgiu a nossa ideia (minha e da @deboracardu) de fazermos uma apresentação juntinhas no Front In Poa.

YAAAAAAAS! E aí, como é que foi? Bom, aí é que a gente ficou pensando igual umas lontras o que a gente ia falar, e não conseguíamos pensar em nada (hehe). Depois de muito custo, pensamos em falar sobre algo que não conhecíamos, para nos forçar a aprender. Então, resolvemos falar sobre Vue.js (que inclusive conhecemos uma maravilhosa que manja muuuito, que é a Milene Lacerda).

Nossa palestra foi sobre como construir um site em 10 minutos com Vue.js. Ficamos noites e noites conversando, pesquisando, juntando partes de uma e de outra nas apresentações, etc. A gente queria fazer live code, aí live code não ia dar mais… era em cima da palestra e estávamos identando código (valeu Diogo maridão da Debs hahahaha). Foi uma loucura! Naquela época eu nem tinha meu notebook ainda, então eu me debruçava na apresentação após o meu horário de trabalho. Cheguei a sair daqui de Gravataí uma vez às 20h30 e ainda tendo que ir até Porto Alegre (são mais de 30km daqui onde trabalho até minha casa) de ônibus. Pra quem não tem muita noção de distâncias assim, é realmente beeeem longe. É como ir da capital quase que ao interior do estado.

Como foi? Um sucesso! Recebemos muito amor! Conheci através da palestra pessoas maravilhosas e feedbacks muito importantes. Foi muuuuito bacana sentir a vibe de palestrar ao lado de uma mulher. É incrível como nos sentimos mais seguras. Era só eu olhar pra cara da Débora que tava tudo bem. Tudo fluía muito bem!!! A gente tinha uma sintonia ótima pra apresentar (e não ensaiamos uma única vez juntas absolutamente NADA!). Simplesmente colocamos a cara a tapa e fomos!

Pra quem quiser saber exatamente o que falamos, seguem aqui os slides:

http://slides.com/deboraduarte/deck-11#/4

E aqui temos o repositório no github onde fizemos toda a palhaçada.

https://github.com/camilla-m/vuejs-com-a-debs/

Tem também o site ao vivo:

http://palestrasfrontinpoa.tk

Quanto ao restante do evento, nem preciso dizer, né: pessoas maravilhosas, um evento incrível, fizemos um networking incrível, conheci gente nova, vi palestras e trajetórias de vida super bacanas e na finaleira ainda teve um happy hour nota 10 ♥

Obrigada @deboracardu pela colaboração linda com esse post ♥