All for Joomla All for Webmasters

Sobre

 

Camilla Martins. Paulista, pisciana, desenvolvedora front-end e 20 anos muito bem desbravados. Morei minha vida inteira em São Paulo, mas por conta do meu espírito meio cigano e louco por aventuras, moro há dois anos em Porto Alegre. E pretendo me mudar de novo.

Das informalidades, curto muito quadrinhos e sou muito fã da Marvel, tanto que tenho uma gata com este nome, que mora com minha mamãe e meu papai em São Paulo. Tenho também uma tatuagem do Magneto, além de outras cinco, que homenageiam coisas como: meu santo cabeça (muito filha de pai Ogum e mãe Iansã sim!), duas tatuagens para minha banda favorita (Die Toten Hosen, uma banda de punk alemão bem esquerdalha), meu signo (um pouco mais mainstream) e minha cantora favorita e diva inspiradora da minha vida, que já me tirou de muitos fundos de poço: Lady Gaga.

Tá, mas eu também ouço metal. Black metal, inclusive. Só que às vezes toca Mc Livinho na minha playlist. Enfim, acho que o ser humano não tem que se limitar: tem que experimentar de tudo. Já fui muito de me rotular. Hoje, eu sou só a Cami, um cosplay de Kesha ambulante que pinta o cabelo de ruivo não só porque acha lindo, mas também por causa de Jean Grey e Asuka Langley.

Ah, eu esqueci de outras coisas (vou esquecer várias, provavelmente): “tenho” um gato chamado Oberino. Mora comigo. Mas não é meu. Só que eu sou mãe dele. Enfim, longa história e o nome é, obviamente, por causa de Game of Thrones. Não sou fã assídua, mas acho o máximo.

Sem querer bancar muito o perfil do Linkedin, atualmente trabalho em uma empresa muito maneira, chamada Umbler. É uma empresa inovadora no campo do hosting, onde você paga de forma pré-paga os serviços e compra apenas o que for utilizar, além de ter uma plataforma muito simples de mexer (tchau cPanel!) e um mascote muito mozão. Meu principal intuito na carreira? Ser uma desenvolvedora muito foda SIM e abrir cada vez mais espaço para mulheres nesse mundo tão lindo, mas tão machorrão, da programação.

Não posso falar de programação sem falar como surgiu a bagaça: o Sugar Dance vem do falido e extinto Bloguinho da Cah, onde minha melhor amiga Dani Ramona me mostrou o fantástico mundo do WordPress. Eu não ia mandar o mesmo nome, né? Hahahaha e aí veio de um buddy poke esse bloguinho que me faz tão feliz.

Não sente ciúme Mauricio, você também é meu melhor amigo!

Agora que já falei tanto, navegue nas páginas. O intuito de tudo isso aqui é passar o que sei pra outras pessoas. E surtar um pouco aqui também.


Caso tenha alguma dúvida, sugestão, pedido de orçamento ou queira apenas conversar, entre em contato comigo.