All for Joomla All for Webmasters
Buscando tag

TI

Tecnologia

Roadsec Porto Alegre

Eaí pessoal, como é que tá? Hoje eu vou falar um pouquinho de como foi o Roadsec, um evento que roda o Brazzel inteiro pra falar de segurança e hacking!

O Roadsec é um roadshow itinerante que leva um dia inteiro de atividades e conteúdo sobre hacking, segurança da informação e tecnologia por todo o país! O evento viaja por capitais brasileiras levando palestras, cursos, oficinas e também campeonatos.

Fui no evento com mais uma galera TOP da Umbler e apoiadores da empresa, e foi muito divertido! Vou falar da palestra que mais gostei e das oficinas que participei :)

A palestra foi da Roberta Robert. Não vou falar muito das outras porque eu não sou a melhor pessoa pra se falar de segurança hahahahahahah

Achei muito fofo que era a primeira palestra dela e ela estava toda vermelhinha hahahahah Ela sempre foi voluntária do evento e esse ano finalmente estava palestrando. Olha que bacana! Ela falou sobre a famosa rixa entre pentesters e desenvolvedores. Essa sem dúvida foi a palestra que eu mais gostei, porque sempre que aparece a palavra TESTE nos eventos de TI eu faço igual esse meme:

Eu já sei que nós desenvolvedores temos que testar mas até antes da Umbler eu tinha um pensamento EXTREME GO HORSE que meus amigos de equipe ficavam realmente “pistolas” (pra não falar outra coisa rsrs) pois eu era a louca que testava tudo em produção mesmo existindo múltiplos ambientes. DEV? HML? Gente, que isso? METE LOGO EM PROD MEUUUUUUU

Aí numa dessa fiz um update sem “and” (nem foi sem where como todo mundo zoa) e eu destruí umas 1800 linhas de banco.

Pensem no meu ex-coordenador. Sim, ele ficou bem pistola. A verdadeira DEFINIÇÃO de pistola. Hahahahaha

Aí eu comecei a usar contra minha vontade esses negócios de teste e tal… AÍ CHEGOU A UMBLER! E aí na Umbler eu TENHO que fazer isso, pois é um lugar muito legal e eu não quero perder meu emprego. Hahahaha Então aos poucos a minha mentalidade “tudo em prod” está se esvaindo. E essa palestra foi uma ótima oportunidade pra isso. Porque foi JUSTAMENTE SOBRE ISSO que ela falou.

A Roberta recém entrou no mundo DEV back-end e eu também. Eu não estou faz um ano nesse mundo. E ela está há um pouco menos: 7 meses. E já fazendo palestra, contribuindo com a comunidade. Acho isso tão lindo :) E é o que eu quero fazer também!

Ela comentou um pouco sobre TDD e SDD, como funcionam as questões de desenvolvimento e testes na empresa dela (ThoughtWorks) e até mesmo como ela leva as ideias pra lá: como é tudo muito horizontal, é só o pessoal concordar que tá feito! Aqui na Umbler é assim também, graças a Charmander!

FALANDO EM CHARMANDER eu não acredito que fui um ser humano de exatas que caiu na armadilha das miçangas. Mas eram MIÇANGAS DE EXATAS #ta

Gente eu fiz um Charmander super bonitinho com um lance chamado PIXEL BEADS mas que até ontem pra mim era MIGANÇA DE EXATAS então vai ficar assim! Foi tão eficiente que até o @roadsec no twitter compartilhou E POSTARAM MEU CHARMANDER AAAAAAAAAAAAAA

em dois minutos TRÊS CURTIDAS EU SOU O PODER

Depois eu, 100% Fazenda da Juta (uma parte de um bairro muito massa e periférico de São Paulo) me aventurei no Lock Picking (TENTAR ABRIR CADEADOS no modo go horse com ferramentas). Pensei “AH SOU MALOQUEIRA NÉ MEU VAMOS ABRIR OS CADEADOS MANO” (boça vibes)

Claro que eu fui um desastre e não abri nada. Vou continuar fazendo meu tráfico de freelas mesmo que tá de bom tamanho.

Teve COMPETIÇÃO de QR CODE (na real Cryptorace HAHAHAHA) em que meus amigos tops (da Umbler o Uriel) e o @ZionFagundes tentaram desvendar os cryptos das paredes e dos cadernos que disponibilizaram pra competição.

Gente, teve até sarrada no Roadsec! Tocou inclusive uma das músicas de eletrônico favoritas minhas, a I FOLLOW <3

Ai gente, eu curti o evento! E o pessoal das redes sociais do @roadsec é muito mozão!!!!!!!!!! E aí @roadsec e Umbler, vamo fechar?

Até a próxima gente!!!

Tecnologia

TcheLinux de Gravataí

se vc nao eh top não destop os toppers

Aeeeeeeeeehow! Galera, rolou um evento muito massa em Gravataí esse sábado que foi o TchêLinux! É um evento já com uma história incrível dentro da comunidade, onde o intuito são diversas palestras gratuitas com um acúmulo tremendo de conhecimento. Ainda de quebra o pessoal doa alimentos pra quem precisa!

Sobre o TcheLinux, seguem alguns dados:

Desde Outubro de 2006 o Tchelinux realizou 76 eventos em 20 cidades com o auxílio de milhares de voluntários, que ajudaram na organização e apresentando 1127 palestras foram assistidas por 9176 pessoas que doaram 15223 kg de alimentos para 34 instituições de caridade.

Olha então a grandeza desse evento! E adivinha quem tava lá? Simmmm, a Umbler! E eu obviamente como rato de evento vou falar um pouquinho das palestras que eu mais gostei.

(eu escrevendo os posts)

A primeira palestra que eu vi depois do credenciamento foi a do Fernando, sobre desenvolver um buscador com PHP e ElasticSearch. O Elastic lembra pra mim bastante o Mongo, pois é orientado a documentos. Ele é como um banco de dados, mas não como os relacionais, em que temos tabelas, colunas, linhas, etc. O Elastic tem uma estrutura assim:

  • Index (como se fossem os bancos)
  • Type (como se fossem as tabelas)
  • Documents (como se fossem as linhas)
  • Field (colunas…)
  • Mapping (esquemas…)

Além de ter mostrado como funciona, ele falou um pouco dos grandes cases de sucesso do Elastic: Netflix, Facebook, Globo.com, etc… A maioria usa para indexar as buscas de forma mais rápida. O Elastic, por apresentar dados como um JSON, acaba se tornando muito mais prático para guardar dados não-padronizados e retorná-los.

  

Bom, a palestra foi muito massa! Eu já tinha conhecido o Fernando no PHPTestFest, que eu falei em outro post e sem dúvida ele é um cara muito competente e conseguiu em uma hora transparecer as facilidades do Elastic. Ele também mostrou um pouco do TCC dele, o uPlanAcademy, em que podemos fazer comparativos de graduações baseando-se no banco de dados do MEC. Ele usou Elastic, PHP e mais algumas outras tecnologias.

Depois teve a palestra do Luiz Duarte, da Umbleeeeer! YAAAAAASSSSSS

Todo mundo sempre me falou que o Luiz era genial. Só não sabia que era tanto. O cara tem uma didática incrível e conseguiu finalmente me fazer entender os conceitos básicos do Node e do Mongo. Teria sido mais feliz se eu tivesse achado os tutoriais dele antes quando começaram a me pedir pra estudar estas duas tecnologias.

Bom, como vocês podem ver, o foco da palestra foi Mongo e Node.JS. O Luiz aproveitou para dar aquela divulgada na Umbler e na nossa hospedagem de Node. A gente também tem suporte pra Mongo :)

Toda a parte de instalação e implementação que ele falou na palestra também está disponível no blog dele, o LuizTools! Você pode dar uma olhada aqui ou no SlideShare abaixo:

Depois rolou obviamente aquele almocinho parceria e na volta teve o GRANDE

GLORIOSO

MAJESTOSO

Matofino falando sobre a carreira dele. O mais massa da palestra do Matofino foi que só colou a galera topper do TcheLinux sêniorzão dos códigos. Foi muito bacana porque outras pessoas começaram a compartilhar todos os percalços da carreira até alcançar o sucesso profissional.

O Mato falou resumidamente de todos os erros que ele cometeu e os perrengues que passou, além do que ele aprendeu com isso: ter paciência e muita persistência pra ser um desenvolvedor ou profissional de TI #top. Além disso ele também comentou do bullying que sofreu na faculdade por ter uma profissão mais humilde até se tornar o grande cara dos contêineres que ele é hoje :D

Isso me lembrou de várias coisas que todos nós passamos no caminho das pedras rumo ao sucesso na carreira: a gente houve várias besteiras, tem vários problemas, tem que cuidar pra não mesclar o pessoal com o profissional (mas afinal, ainda somos humanos, não?) e sempre tem alguém nos desmotivando. Mas aí, a gente faz um bolinho com os problemas e se torna uma pessoa que ama o que faz e que dá muito duro!

Depois da palestra do Mato, teve a do Bicca, que também é da Umbler (cuidado com o monopólio hahahaha) que deu uma introdução bacana sobre Kubernetes. Mas afinal, o que é Kubernetes? O próprio blog do Bicca com o Mato, Mundo Docker, explica:

Kubernetes é um sistema de código aberto que foi desenvolvido pelo Google para gerenciamento de aplicativos em containers através de múltiplos hosts de um cluster. Tem como principal objetivo facilitar a implantação de aplicativos baseados em microservices. Ele foi baseado na experiência do Google de muitos anos trabalho com containers, adaptando o para se trabalhar com Docker.

Depois disso infelizmente não consegui acompanhar mais o evento, mas fica a dica pessoal: TcheLinux é muito massa e agora vai passar por Bento, Erechim e depois Caxias (que se tudo der certo vou palestrar <3).

É isso aí galera!!!! Até mais :P