All for Joomla All for Webmasters
Buscando categoria

Textos

Textos

Ação na creche Primeiros Passos, em Porto Alegre

eu vesti o mascote da umbler (um coala) pra participar <3

Tive a HONRA de conhecer nesta última sexta (08/12) crianças maravilhosas e que tornaram nosso dia um enorme aprendizado.

A Umbler e a RedeHost realizaram uma ação na creche Primeiros Passos, na zona leste de Porto Alegre. É uma região carente e que infelizmente a prefeitura não dá muita bola. Conhecemos a mesma pelo João, um funcionário daqui da Umbler, que iniciou uma campanha em que o pessoal que quisesse poderia ajudar com um chinelo e um brinquedo para cada criança da creche.

Por que chinelo? Porque geralmente este é um item que não é fornecido nem pelos patrocinadores (se é que eles existem), nem pela prefeitura. Sendo assim, as crianças ficam aaaanos com chinelos que ou não servem mais e/ou são cheios de remendos.

Então passaram para nós as crianças, a idade e o número do calçado. Fizemos uma força-tarefa e saímos de Gravataí (cidade onde ficam as empresas) rumo ao local.

Foi uma experiência INCRÍVEL! Aquelas crianças são tão, tão felizes com tão poucos. E nós reclamamos de qualquer coisa no nosso dia. Elas conseguem tirar prazer nas coisas mais simples da vida. São cheias de energia! Não existe tempo ruim, vitimização. Cada uma tem sua personalidade mas respeitam muito as “tias” que cuidam do local.

Lindo o sorriso de cada uma ao abrir os presentes, ao calçar os chinelos. Coisas que pra gente são baratas, mas pra elas são inalcançáveis.

Sempre falo pro pessoal: se você tem a oportunidade de ajudar alguém, AJUDE. Eu raramente nego ajuda, isso simplesmente não faz parte de mim. Desde o morador de rua com fome, até o iniciante em programação que não sabe como codar alguma coisa. Ajudar é uma retribuição enorme, muitas vezes mais pra nós do que pros ajudados, pois dá uma sensação enorme de leveza, de contribuição com o universo. Só quem ajuda sabe.

Tudo que vai, volta. Tudo que plantamos, colhemos. Mas quando ajudamos, a gente aprende a se doar sem pensar no que vão nos dar. Num mundo tão meritocrático, onde somos o que temos, e não o que somos de fato, é cada vez mais difícil pensar assim. Essas oportunidades nos fazem resgatar essa cultura da gentileza, do doar, da valorização do próximo.

Estou muito grata de conhecer essas crianças e essa sem dúvida é mais uma de muitas ações <3

Beijos pessoal!

Portfólio Tecnologia Textos

Codando e eventando muito sim!

eu de jean caveira mexicana no halloween da Umbler HUAUHAUHAHU

Pessoal, eu juro que não morri :) Hahahahaha eu amo meu bloguinho e aqui estou eu de novo.

Simplesmente desapareci por um motivo meio idiota, mas que na real eu não tinha tempo para parar e ver: tentei colocar https no meu site, aí começou a dar altos erros e eu não conseguia nem entrar no painel. Fiquei um tempão assim até que hoje sentei e pensei “vou resolver esta m3rd4”. E aqui estou eu!

Quero falar um pouco sobre as iniciativas e trampos que estou enfrentando desde meu último post, que foi sobre o Meetup de Node.js.

A real é que TCHARAAAAAAM: o Henrique ficou tão feliz com meu desempenho nos últimos dois meetups e também com a minha palestra que resolveu me chamar para ser coordenadora do meetup. Com certeza eu fiquei felizaaaaça com o convite! Só que com grandes convites, vem grandes responsabilidades…

Eu não apenas fiquei responsável por auxiliar o Henrique na organização do evento, como também fiquei responsável por uma contribuição inédita aqui em Porto Alegre: o NodeGirls, que acontecerá agora dia 12 de dezembro na Thoughtworks!

Um espaço para não apenas programadoras Node, mas sim, estudantes de qualquer área da tecnologia da informação, programadoras de outras linguagens ou simplesmente mulheres que querem apoiar outras mulheres. Nossa ideia é manter um espaço mais confortável para que possamos compartilhar nossos conhecimentos e auxiliar na evolução pessoal e profissional de cada uma de nós. 

Ele simplesmente chegou em mim e disse: pois é, eu estava de boas lavando louça quando pensei que esta poderia ser uma grande ideia. Só que eu obviamente não posso tocar isso. Que tal você? Existe outra pessoa que poderia tocar isso, senão você?

Fiquei surtada com o convite e obviamente estou com muitas tarefas agora. A ideia é que seja um espaço para as meninas iniciantes aprenderem Node num lugar seguro e com foco feminino: mulheres palestram e apresentam conteúdo. Homem pode sim olhar, pois é importante que estejam inseridos na nossa realidade para nos auxiliar, mas não são os protagonistas do evento. Até porque, já tem muito homem sendo protagonista de muito evento, não é? Ainda bem que esta realidade finalmente está começando a mudar. É bom saber que você faz parte desse formigueiro :)

Souza, eu e Matofino no Tchelinux de Caxiassssss

Eu também palestrei lá em Caxias do Sul, no Tchelinux. Foi a minha primeira palestra fora da cidade hahahahaha E eu adoro viajar para eventos! Fiquei um pouco nervosa pois a maioria dos assuntos eram muito técnicos, então sinceramente pensei que ninguém iria dar muita bola. Mas lotou! Tinha gente de pé pra ver eu falando sobre freelance! Fiquei felizaça! Ainda ganhei um livro de presente, que se chama “Vai lá e faz”, do Tiago Mattos. Ouvi falar muito bem do livro, mas sou uma péssima leitora e com a correria do dia-a-dia e as leituras técnicas que preciso fazer, sempre acabo deixando meu mais novo bebê para trás (e já tem muita gente da Umbler de olho no livro, grrrrrrr haha)

Agora que tenho acesso a esse painel amado finalmente posso voltar a fazer minhas coisinhas! Então bora lá que dia 5 tem Meetup de Node.js em Porto Alegre, na linda da minha Umbler <3 Também tem dia 12 Meetup do Node Girls (boa sorte pra mimmmmmm e pra todas nós) e dia 9 (antes haha) tem evento de Tchelinux no Senac, onde vou palestrar sobre freelas de novo!

E como tenho freelaaaaa, meu Deus! Espero em breve poder atualizar meu portfólio com os trabalhos lindos e desafiadores que tenho feito por aí :)

Beijãaaao galera!!!

Lugares Textos

Diferenças entre São Paulo e Porto Alegre

11250096_877550905653585_652740140_n

Chimarrão é uma coisa realmente muito boa <3

Essa é uma coisa que sem dúvida as pessoas sempre me perguntam. Quais são, afinal, as grandes diferenças entre Porto Alegre e São Paulo? Há toda aquela história de que ambos são separatistas… pra ser bem sincera, os movimentos separatistas de São Paulo são absurdamente pequenos. Pelo que eu vejo, né. Enquanto isso, as pessoas no sul no máximo demonstram uma grande admiração pela cultura gaúcha. Não existe aflorado aquele sentimento “nós vamos nos separar”. Apenas brincadeiras de suposta superioridade. Poucas pessoas levam isso realmente a sério, pelo que eu vejo nas ruas.

Mas com certeza o povo gaúcho tem boas diferenças com o pessoal de Sampa. Pra começar que eles têm água e a gente não (e isso é bem tenso hahahahaha, vivo sendo zoada aqui por isso).

A verdade é que acho que não tá fácil pra ninguém. Mas vou adorar falar um pouco mais desse estado que eu tô amando *-*

Continue lendo