A saga de Porto Alegre

Em 26.08.2015   Arquivado em Diário, Lugares, Reflexões, Viagens

Porto Alegre <3

Vocês já devem ter reparado que eu sumi uns mil meses e quando apareci tô fazendo vários posts e tô de layout novo e lindo, né? Pois bem, tô administrando melhor o meu tempo, tava com saudade de blogar e tô desapegando desse negócio de ter que visitar mil blogs e ficar famo$a. O lance é blogar pra si e pra quem gosta do seu blog, né verdade? Além disso estou bem empolgada de estar participando do Rotaroots. Acho que finalmente não vou ficar naquela vibe de “nossa, não sei o que postar”.

Bom, todo mundo que me acompanha deve ter ficado meio em choque comigo do nada em Porto Alegre. Nesse post eu pretendo dar uma resumidona na história e falar alguns perrengues loucos que eu passei.

Tudo começou quando eu conheci o garoto com quem estou morando há mais de três meses e que já estou noiva (super normal alguém com DEZOITO ANOS noiva mas beleza, e do jeito que as coisas estão demoraremos milênios pra casar então ok). Conheci ele num evento em São Paulo. Eu tinha acabado de sair de um relacionamento e como eu tenho esse dom de não conseguir ficar sozinha (piscianos, tsc tsc o_o).. puft, eu me apaixonei. É, signo de água não tem jeito pra essas coisas não.

<3

Estávamos nos dando muito bem no evento, mas: ele ia embora. E eu não sabia o que fazer. Nem ele. Então no dia 18 de fevereiro tivemos nossa primeira DR pra definir se íamos só ser um “amor de verão” ou se íamos levar isso a sério. Decidimos que íamos namorar de forma fechada. Eu em São Paulo, ele em Porto Alegre. Que emoção (;-o)

Eu não tinha a menor ideia de como eu ia fazer. Só sei que eu gostava dele. Bastante. E como eu sou a pessoa mais avoada do universo, decidi que ia me mudar pra Porto Alegre. Simples, né? (;-o)

Conversas com os pais

Como quem não queria nada, comecei a jogar vários migués falando que eu precisava ir pro RS e que não tinha jeito. Minha mãe logo se tocou e armamos uma grande confusão. No fim, ela ficou tranquila, até porque eu já era de maior e não tinha muuuito o que fazer. Meu pai foi o contrário: ficou tão de boa que nem acreditei. Mas na hora de eu viajar pra passar só um mês…

Chegada

As coisas ficaram turbulentas logo que cheguei em Porto Alegre só pra passar uns tempos. Ia ficar com o meu noivo pra conhecer ele melhor, ver se batemos das ideias e pra matar a saudade porque não é brincadeira namorar por Skype. Era horrível ver vários casais na rua e me ver numa situação ainda pior do que não ter ninguém: ter mas não poder chegar nem perto de tão longe.

Tudo ficou muito tenso na questão familiar e eu então resolvi arrumar um emprego por aqui. Eu, sozinha, sem nem saber o que essa cidade tinha de bom, saindo por aí pra procurar emprego, tirar cartão de passagem, ver faculdade por aqui, etc. Mas é o que eu sempre falo: quem mora em São Paulo sabe se virar em qualquer lugar!

Arrumei um emprego em telemarketing. Pessoal muito legal e acolhedor: a minha impressão do sul é a melhor possível. O problema é que se adaptar num novo lugar nunca é fácil. Ainda mais quando também é um novo estado e uma nova região.

11250096_877550905653585_652740140_n

Meu primeiro chimarrão hahahaha

Trabalho e problemas financeiros

Trabalhei um tempo e deixei quieto o emprego porque não me identifiquei com a área. E ao mesmo tempo que eu me via com o psicológico cada vez pior por toda a questão de adaptação, pressão, etc. eu ainda tinha que lidar com um banco (Bradesco, o senhor mesmo) me roubando os olhos da cara em dívidas e coisas que não pedi. Como se não bastasse estar longe de casa, com saudade, passando por uma certa turbulência familiar e desempregada eu também virei endividada sem merecer. Excelente! O que mais eu quero agora?

Quitei minhas dívidas, inclusive coisas que não pedi. Minha situação financeira foi de mal a pior. Faço várias contas pra saber se o dinheiro vai dar.  Até hoje não sei se fecharam minha conta. Se não fecharam eu vou no Procon, até porque já pedi pra cancelarem essa conta duas vezes. x_x

Parece que o jogo tá virando…

Nas minhas buscas por emprego, com muita sorte achei um lugar contratando um professor de alemão. Depois de passar por todo o processo de seleção: tcharaaam, tudo deu certo! Comentei sobre minha primeira aula neste post e pretendo fazer outros sobre o assunto em breve ^-^

Meu lindo e meus amigos maravilhosos <3

Graças a São Jorge encontrei pessoas aqui que me fazem muito bem, tanto na família do meu companheiro quanto amigos que eu já tinha e que fiz aqui. São pessoas maravilhosas e que a menor de suas ajudas me farão gratos a vida toda. Tudo o que passei de dificuldade e ainda passo, seja psicológica, física ou financeira, é só mais uma página do meu livro de aprendizados. Tenho certeza que lá na frente olharei pra trás e verei que tudo o que fiz valeu a pena. Sonho com o dia que eu puder estar perto dos meus pais com meu companheiro e meus gatinhos novamente.

Ser punk vai muito além de um visual. Vai das atitudes e das descobertas.

Até mais, pessoal ;)

  • Belle Hendges

    Em 26.08.2015

    Sempre soube que você ia adorar Porto Alegre! É minha cidade amada, apesar da minha missão nela já ter sido concluída, eu amo visitar e viver a vida desse lugar super legal. Espero que você seja cada dia mais feliz e realizada. Da próxima vez que eu for quero te ver, viu? Dessa vez vamos combinar direito! Hahah. Adoro saber sobre sua saga no sul ^-^

  • Edwin Lafaiete

    Em 26.08.2015

    Geeeente, que saudades que eu tava do SD. agora acho que entendo a ausência. cara, parabéns por todas as conquistas e força de realizar o que deseja, eu com 23 anos ainda nao consigo me arriscar em tanta coisa como você, mas também nunca quis mudar de cidade e tals. kkk então acho que ta tudo bem. Já fui telemarketing e tenho pesadelo até hoje kk, fiquei muito feliz de vc ter encontrado um job legal, dando aula de alemão que tu adora e vc estando super feliz :D

    abraços, Edwin.

  • Wanessa Oliveira

    Em 26.08.2015

    Uau, quantas experiências pra levar pra vida toda. Pode ter certeza que isso tudo que vc viveu foi aprendizado.
    Tenho muita vontade de conhecer Porto Alegre :)
    bjoka http://diadebrilho.com

  • Maíra

    Em 26.08.2015

    to muito atrasada ahahahaha aii eu tinha que falar né ahahaha
    ah amo eles, são além de fofos aahahhaha sério? não conheço muito, vou dar uma olhada :D

    TOTAL amiga, total! tem que blogar porque sente vontade e não porque tem que ter seguidores!
    Ai vocês piscianos!!!!

    CARAMBA menina, muita coisa aconteceu em?! que legal, não ter medo de enfrentar tudo isso, fico muito feliz e muito orgulhosa de você por ter batalhado e por ter chegado aonde está, tenho certeza que só vai melhorar cah, você é esforçada e encontrar alguém que também tá pensando com você é MUITO BOM!! :D

    seja feliz, se divirta muito amiga!
    beijos :*

  • Thami

    Em 26.08.2015

    Que fofo!!! Ah, acho que pra noivar, casar, morar junto e etc, não tem idade. Já foi tempo de que menina tinha que se casar novinha, agora é tudo por livre e espontanea vontade, o que é muito bom. To a procura de um amor assim agora :P hahahaha! É meio que certo isso: se muita coisa dá errado, com certeza vai vim muita coisa boa depois. Aqui comigo to só esperando as coisas boas acontecerem, porque olha… hahahaha!

    Beijos!

x_x x( o_o o_O ^-^ >_< ;) :( *-* (zzz) (miau) (hm) (bah) (;-o)